Santa vence o Sport e retoma liderança do Pernambucano

Tricolor bater o Leão por 2 a 0, no Arruda, com gols do artilheiro Thiago Cunha e do atacante Renatinho, no segundo tempo

Da Redação do pe360graus.com

O Santa Cruz reencontrou a vitória após bater o Sport por 2 a 0, neste domingo (06), no Arruda. Além de vencer, o Tricolor retomou ainda a liderança do Campeonato Pernambucano, com 21 pontos, já que o Central empatou com o Náutico e soma um a menos. O Leão segue fora do zona de classificação com 14 pontos, na 6ª colocação.

Os gols que garantiram a vitória coral só vieram no segundo tempo. Logo aos 8 minutos, Thiago Cunha abriu o placar e foi a seis gols na competição. Aos 35 minutos, Renatinho decretou a vitória.

Após o resultado, o técnico Geninho entregou o cargo e a diretoria rubro-negra decidiu aceitar. Clique aqui para ler a notícia sobre a saída do treinador do Leão.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (09). O Santa Cruz recebe o Central, às 21h30, no Arruda. Já o Sport pega o Porto, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.

O JOGO
O clássico começou nervoso para as duas equipes e com jogadas duras. Tanto que antes dos 15 minutos, o árbitro Emerson Sobral já tinha mostrado dois cartões amarelos, um para Jackson e outro para Renato Ribeiro.

Aos poucos, as equipes foram encontrando o futebol. Jogando em casa, coube ao Santa tomar a iniciativa. O Sport aproveitou os contra-ataques e foi num lance de velocidade que veio a primeira chance de gol. Hamilton tocou para Alessandro, que invadiu a área, mas Tiago Cardoso saiu para fazer a dividida. Dois minutos depois, foi a vez de Thiaguinho arriscar de fora da área e mandar por cima do gol.

O Leão começou a gostar do jogo e, aos 23 minutos, Renato Ribeiro mandou na trave, numa cobrança de falta. A bola ainda sobrou para Alessandro que soltou a bomba e Tiago Cardoso fez uma grande defesa, salvando o Santa.

O lance despertou o Tricolor. Numa cobrança de falta aos 28 minutos, Weslley soltou. Gustavo não conseguiu segurar e a bola sobrou para Thiago Cunha. Mesmo com o goleiro do Sport abatido no gramado e com o gol aberto, o atacante coral pegou mal na bola e mandou para fora.

Aos 42 minutos, o Sport chegou perto de abrir o placar. Tudo começou numa bobeira de Memo, que saiu jogando errado. A bola ficou com Alessandro, que invadiu a área, mas ao driblar Tiago Cardoso, o atacante rubro-negro ficou sem ângulo, ele ainda rolou para trás, mas Bala e Hamilton não conseguiram finalizar para o gol.

Para tentar ganhar mais velocidade no ataque, o Santa Cruz voltou para o segundo tempo com Renatinho no lugar de Mário Lúcio. E, aos 7 minutos, veio a primeira chance coral. Weslley bateu de fora da área, mas a bola ficou com Thiago Cunha. O atacante desperdiçou mais uma vez ao chutar em cima de Gustavo.

Mas, no minuto seguinte, Thiago Cunha aproveitou e abriu o placar. Numa bola lançada para a área, ele ganhou na força de Tobi e bateu na saída de Gustavo, que ainda tocou, mas não conseguiu evitar o gol.

O gol desestabilizou o Sport, que só conseguiu chegar com perigo aos 24 minutos. Numa bola cruzada para a área, Ciro bateu de primeira e Tiago Cardoso fez uma grande defesa.

Com o resultado completamente desfavorável, Geninho foi para o tudo ou nada. Ele já havia tirado Alessandro para a entrada do estreante Bruno Mineiro e, aos 30 minutos, ele colocou o atacante Ruan no lugar do lateral-esquerdo Wellington Saci.

Já Zé Teodoro fez o oposto. Para segurar o placar, o treinador coral tirou o atacante Thiago Cunha para a entrada do zagueiro Everton Sena.

Mas, mesmo assim, quem chegou ao gol foi a equipe coral. Igor vacilou e perdeu a bola para Gilberto. Ele cruzou para a área e encontrou Renatinho. O atacante coral dominou, girou e bateu com força. A bola passou por entre as pernas de Gustavo e foi para o gol, aos 35 minutos.

Aos 44 minutos, o Sport ainda teve a chance de diminuir quando Tiaguinho bateu cruzado para a área e Bruno Mineiro desviou para fora, desperdiçando a última chance do jogo.

FICHA DO JOGO

SANTA CRUZ
Tiago Cardoso; Jackson, Leandro Souza, Thiago Matias e Alexandre Silva; Jeovânio, Memo, Weslley e Mário Lúcio (Renatinho); Thiago Cunha (Everton Sena) e Laécio (Gilberto).
Técnico: Zé Teodoro.

SPORT
Gustavo; Thiaguinho, Astorga, Igor e Wellington Saci (Ruan); Hamilton, Tobi, Renato Ribeiro (Fabrício) e Carlinhos Bala; Ciro e Alessandro (Bruno Mineiro).
Técnico: Geninho.

Local: Arruda.
Público: 45.621
Árbitro: Emerson Sobral.
Assistentes: Ubirajara Ferraz e Erich Bandeira.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: