Bons velhinhos

A liderança do Pernambucano não esconde as deficiências do Santinha.

Zé Teodoro tem um bom time – fato -, mas não um elenco equiparadamente qualificado.

Precisa de opções, mais “cancha” ao jovem plantel (com 24 anos de média).

Alguns nomes já começam a surgir e amplificam-se no Arruda.

Os rodadíssimos Rodrigo Grahl e Júnior. O primeiro foi artilheiro do Bahia na última temporada e Júnior é aquele mesmo, lateral pentacampeão com a Seleção, em 2002.

Ambos estão sem clube e juntos têm 70 às costas. Grhal, 33, e Júnior, 37.

Se vierem dispostos a aturar a dureza do Pernambucano – com seus campos nada auspiciosos – serão bem-vindos.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: