Reservas querem aproveitar a chance de jogar no Santa

Técnico Zé Teodoro fará, no mínimo, cinco mudanças no time

Ao longo das seis rodadas iniciais vitoriosas que deixaram o Santa Cruz na ponta do Estadual antes da derrota para o Náutico, pouco se ouviu falar dos reservas corais. Com um time titular definido, o técnico Zé Teodoro só fez mudanças na equipe em último caso – o que aconteceu poucas vezes, como a lesão de Memo na quinta partida, diante do Salgueiro. Mas, agora, com o desfalque certo de cinco atletas da equipe principal para o duelo diante do Porto, amanhã, em Caruaru, chegou a hora dos suplentes mostrarem o seu valor ao treinador. E, quem sabe, garantir uma vaguinha no clássico contra o Sport, domingo.

Um dos que estão de olho na titularidade é o atacante Landu. Contratado como principal esperança dos tricolores para o setor ofensivo, o jogador mostrou muito pouco até agora. Com a suspensão de Thiago Cunha, expulso na derrota para o Náutico, o centroavante deve ganhar mais uma chance com o técnico Zé Teodoro. “É uma responsabilidade grande substituir Thiago Cunha, artilheiro do torneio com cinco gols. Mas eu vou dar o meu máximo se jogar”, disse, para completar em seguida. “Não vai ser fácil, mas nosso grupo é forte”.

Sobre a possível parceria com Laécio no ataque coral, Landu afirmou que o entrosamento não vai ser um problema, já que atuaram juntos na pré-temporada e nas duas primeiras partidas do Santa Cruz no Estadual. “O que está faltando para mim é sequência, todo jogador quer jogar. Vou procurar melhorar para tentar fazer o gol que eu a torcida esperamos“, continuou o atacante. “Tenho consciência que tenho que melhorar, ainda estou 50% do Landu que todos conhecem. Os outros jogadores da posição estão em nível alto, o meu ainda está baixo”.

A situação é parecida com a do meio-campista Diego Biro, que já foi titular em três oportunidades desde o começo do Campeonato Pernambucano. A posição foi perdida depois da regularização de Mário Lúcio, mas com a expulsão de Weslley, uma nova chance chegou para o meia. E ele não quer largar. “Quem entrar nas vagas, vai estar preparado. Todos vêm se esforçando. Se eu tiver oportunidade, vou tentar agarrá-la para ficar até o clássico contra o Sport”, vislumbrou. Biro também garantiu que não vai mudar sua forma de atuar para se parecer mais com Weslley.

No setor defensivo, a chance chega para Thiago Pereira com as suspensões de Thiago Matias e Leandro Souza, dupla titular da posição.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: