Santa faz 1 a 0 no Salgueiro e se isola na ponta

Gol de Thiago Cunha, logo aos 3 minutos do 1º tempo, garante invencibilidade e liderança isolada ao Tricolor

Da Redação do pe360graus.com

O Santa Cruz não se intimidou com o Sertão e venceu mais uma no Campeonato Pernambucano. A vítima da noite desta segunda-feira (24) foi o Salgueiro, que acabou derrotado por 1 a 0, em pleno estádio Cornélio de Barros.

O gol coral que garantiu a invencibilidade Tricolor foi marcado logo aos 3 minutos do primeiro tempo pelo atacante Thiago Cunha, que ainda se isolou na artilharia da competição com quatro gols.

O resultado deixa a equipe coral com 15 pontos, isolado na liderança, já que o Porto acabou derrotado pelo Náutico, nos Aflitos. O Carcará segue com 6 pontos.

As duas equipes voltam a campo já na próxima quarta-feira (26). O Santa Cruz recebe o Petrolina, às 20h no Arruda. Já o Salgueiro pega o Sport, no Cornélio de Barros. Por isso, o técnico Geninho foi ao estádio acompanhar de perto o próximo adversário. A partida está marcada para as 21h e terá transmissão ao vivo da Globo Nordeste.

O JOGO
O Santa Cruz iniciou o jogo de forma fulminante, tanto que abriu o placar logo aos 3 minutos. A jogada começou com um cruzamento de Alexandre Silva. Thiago Cunha, na área, bateu e mandou para a rede, fazendo seu quarto gol na competição.

O Carcará foi em busca do resultado e aos 18 minutos, Hugo Henrique recebeu na área e bateu para boa defesa de Thiago Cardoso. Aos 30 minutos foi a vez de Thiago Cunha perder um gol feito. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para o atacante coral de frente para o gol. Ele encheu o pé e mandou por cima do travessão.

O técnico Cícero Monteiro foi obrigado ainda a fazer duas mudanças no final do primeiro tempo. O volante Pio e o lateral Aldivan deixaram o campo lesionado para as entradas de Wendel e Rogério.

O Salgueiro voltou para o segundo tempo em busca do gol. Aos 6 minutos, Fagner desperdiçou a chance do empate. Hugo Henrique cabeceou e a bola bateu na zaga tricolor e passou pela pequena área, o meio-campo do Carcará acabou batendo muito mal e mandou por cima do gol.

A equipe sertaneja seguiu em cima. Aos 13 minutos, Thiago Matias teve trabalho ao cortar três cruzamentos para a área. Com a pressão, o técnico Zé Teodoro fez as três substituições a que tem direito para fechar mais o time. Saíram os meias Wesley e Mário Lúcio, além do atacante Thiago Cunha. Entraram no jogo o volante Jhonata, o meia Renatinho e o atacante Landu.

Aos 27 minutos, o Salgueiro voltou a levar perigo. Clebson fez uma grande jogada, passou por dois marcadores e tocou para George, soltar a bomba. O goleiro Thiago Cardoso fez uma defesa milagrosa. No minuto seguinte, o arqueiro tricolor voltou a aparecer ao defender um chute de Edu Chiquita.

O Salgueiro se lançou para o ataque e o Santa se retraiu, mas conseguiu segurar a vitória e garantir a invencibilidade e a liderança isolada do Pernambucano.

FICHA DO JOGO

SALGUEIRO
Marcelo; Rogério, Henrique, Eridon e Aldivan (Rogério Rios); Pio (Wendel), Lismar, Edu Chiquita e Clébson; Fágner e Hugo Henrique (George).
Técnico: Cícero Monteiro

SANTA CRUZ
Thiago Cardoso; Jackson, Thiago Matias, Leandro Souza e Alexandre Silva; Jeovânio, Everton Sena, Wesley (Jhonata) e Mário Lúcio (Landu); Thiago Cunha (Renatinho) e Laécio.
Técnico: Zé Teodoro

Local: Estádio Cornélio de Barros, Salgueiro.
Árbitro: Emerson Sobral.
Assistentes: Albert Júnior e Paulo Steffanello.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: