Pouca gente, muita ameaça de confusão

As disputas entre Sport e Santa Cruz são também conhecidas como “Clássico das Multidões”. Mas, na tarde de ontem, o jogo passou longe de merecer esse título. É que apenas cerca de mil torcedores estiveram na Ilha do Retiro para acompanhar a partida. As arquibancadas, por sinal, ainda guardavam a sujeira do clássico que tinha acontecido no dia anterior, entre Sport e Náutico, pela Série B do Brasileiro.

O público entre Sport e Santa Cruz se resumia, com algumas exceções, à Torcida Jovem e à Inferno Coral. As duas torcidas foram responsáveis por todo o barulho durante a partida. Sem elas, com certeza, seria difícil de escutar um grito de gol no instante em que a bola balançasse a rede.

E foi, justamente, por só existir a presença das torcidas organizadas no estádio, que elas não pouparam os xingamentos, ameaças e gritos de motivação à violência entre si. Parecia que, a qualquer momento, um conflito poderia surgir entre as duas organizadas. As palavras poderiam começar a se transformar em ação.

Inclusive, logo quando o time do Sport entrou em campo e começou a queima de fogos, um deles foi parar na arquibancada da Inferno – o que poderia ter causado uma confusão maior – o que não aconteceu.

O policiamento foi reforçado nessas duas áreas, e uma das primeiras medidas para evitar qualquer tipo de confronto direto foi o aumento da distância entre uma torcida e outra. Durante a partida, elas se acalmaram mais, voltando a cantar e gritar nos momentos altos do jogo, lembrando que ali estava em campo o Santa Cruz e o Sport – mesmo que não parecesse. (R.V.)

Sport – 1

Gustavo, Alenilson (Jaildo), Johnny, Igor Maranhão, Jackson, Josias, Levy, Moisés, Dayvison, Dairo,(Jonas), Everton Felipe (Juninho Potiguar). Técnico: Levi Gomes

Santa Cruz – 3

Baggio, Osmar, Everton Sena, Sidrailson, Renatinho (Rentería), Goiano, Wellington, Memo (Renan Potiguar), Natan (Silas), Juninho, Gilberto. Técnico: Henry Lauar Local: Ilha do Retiro. Árbitro: Gilberto Castro Jr. Assistentes: Wilton Lins e Paulo Stefanello. Cartões amarelos: Gustavo, Johnny, Igor Maranhão, Alenilson e Moisés (S); Sidrailson, Renatinho e Natan (SC). Gols: Moisés (S), Natan, Renatinho e Wellington (SC). Público: não divulgado

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: