O consolo tricolor

A Ilha do Retiro na tarde de ontem voltou a ser palco de mais um clássico do futebol pernambucano. Desta vez, foram Sport e Santa Cruz que se enfrentaram pela 5ª rodada da Copa Pernambuco. O Tricolor do Arruda tinha que vencer para chegar aos 10 pontos e conquistar o primeiro turno da Copinha. Para o Leão, a partida era mais para cumprir tabela, já que a equipe rubro-negra, mesmo conquistando mais três pontos, não teria chance de ser campeão da primeira fase. Quem acabou levando a melhor foi o Santa Cruz que venceu, de virada, por 3 x 1, sagrando-se campeão do primeiro turno da competição e garantido sua vaga na final.

Foi um jogo emocionante, com boas oportunidades de gol para os dois lados. Em especial, no segundo tempo, quando as torcidas começaram a fazer mais barulho e instigar os jogadores. O início do primeiro tempo foi bem equilibrado. As duas equipes tiveram muitas chances de gol, em especial o time rubro-negro, que acabou marcando aos 10 minutos de jogo. Numa falha do goleiro tricolor Baggio, que estava adiantado, Moisés aproveitou um cruzamento e marcou para o Sport. Com esse gol, o time rubro-negro ganhou mais liberdade e começou a se destacar na partida. Sem dúvida, o Leão estava melhor em campo que o Tricolor.

Já no segundo tempo, a história foi outra. O time do Santa Cruz entrou em campo bem mais concentrado e melhor que o Sport. O técnico tricolor, Henry Lauar, tirou Memo e colocou Renan Potiguar, deixando o Santa com mais velocidade e ofensivo. “Renan é um atleta que a gente vê muito potencial e qualidade. Procurei colocá-lo no segundo tempo para dar mais força ao time, e também para não cansá-lo demais”, afirmou o treinador do Arruda, que parece ter acertado em cheio na substituição.

Não é para menos que, aos 2 minutos, Natan empatou para o Santa Cruz, num chute cruzado pelo lado direito. O empate esquentou a partida, que ficou mais emocionante e fez acordar a torcida tricolor. Poucos minutos depois, Renatinho virou, num rebote do goleiro Gustavo. O lateral-esquerdo, por sinal, foi um dos destaques da partida, demonstrando bastante habilidade e liberdade com a bola no pé.

Depois da virada do Santa Cruz, o time do Sport diminuiu o seu rendimento. Aparentava estar mais cansado, desanimado e mostrou poucas oportunidades de gol. Enquanto que o Santa estava bem entrosado. Aos 36 minutos, Wellington carimbou a vitória, ao balançar a rede adversária. Restou ao time do Arruda, administrar a posse de bola nos minutos finais e conquistar não apenas mais três pontos, mas também a tão querida vaga na final da Copinha.

Anúncios
  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: